84% dos desempregados colocados pelo IEFP tinham contratos a prazo

Ao contrário do que aconteceu nos últimos dois anos, o número de desempregados que conseguiu arranjar trabalho através dos centros de emprego aumentou entre Janeiro e Setembro de 2013. Mas os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) mostram que as colocações efectuadas são na sua maioria a prazo e em sectores que, tradicionalmente, não exigem elevadas qualificações.

MENU